sexta-feira, 16 de julho de 2021

Educação Continuada


Existem diversos autores que abordam o conceito de educação continuada, podemos citar Delors (2003); Freire (1996); Pereira (2011); Mali (2013); Peres et all (2013); Wengzynski e Tozetto (2012) entre outros tantos, de forma geral ela aborda a continuação da educação seja nas esferas profissional, acadêmico ou  a nível de interesse pessoal.

A proposta é simples, “nunca saberemos tudo, mas podemos nos atualizar”, “podemos melhorar e expandir o quê aprendemos seja na escola, no serviço, em nossa família, comunidade ou até mesmo sozinhos” e “nunca é tarde para se aprender”,  para tanto os modelos adotados podem ser nas modalidades presencial ou a distância. (EaD).

Lembrando da presente pandemia do SAR-COVID 19, a modalidade EaD,  tornou-se uma opção que além de educar,  auxiliar como terapia, pois “ocupar a mente”, auxilia as pessoas à combater o isolamento e a tristeza, assim o individuo consegue ferramentas para crescer profissionalmente e inclusive como pessoa, pois tem possibilidade de aprender com outras experiências de vida, seja de professores ou colegas de curso.

As formas de interação com os conteúdos estudos, podem ser de forma síncrona (que permite a comunicação em tempo real, por exemplo por chats, vídeo ou webconferências e aplicativos como o hangout, Whatsapp, Zoom,  Skype entre outros) e assíncrona (em que não é necessário o acesso das aulas e atividades em tempo real), podem ser acessadas em plataformas de aprendizagem, aulas gravadas ou mesmo no formato de recebimento por correspondência e através de apostilas ou livros.

A proposta de educação continuada, poderá ser iniciada após ou conjuntamente com cursos de formação, pois tem a possibilidade de abordar temas que não sejam contemplados diretamente na formação do individuo, mas que o auxiliem em algumas áreas em que tenha necessidade ou interesse de aprendizado.

Para muitas profissões, a educação continuada pode representar incrementos salariais direta ou indiretamente, por exemplo, no seu plano de carreira (como pontos para ser promovido mais rápido), ou mesmo a possibilidade de mudança de atividade, como aquele profissional que trabalha em uma empresa ou organização que labora na esfera operacional (a chamada atividade fim)  pode abrir caminhos para outras esferas por exemplo administrativas, ou atividades meio, da mesma forma poderá ter a  possibilidade de especializar-se em determinado serviço, que carece de mais conhecimentos específicos.

Como explanado no inicio do texto, além da perspectiva de ganhos materiais, a educação continuada pode auxiliar para o crescimento da pessoa, a busca de uma melhor qualidade de vida e preenchimento de um vazio, que por vezes nem nós mesmos sabemos explicar do que se trata, mas a apresentação de novos conhecimentos faz com que tenhamos novas perspectivas e que venhamos a parar um pouco o nosso dia a dia, para meditar e traçar novos objetivos e sonhos.


Fonte: Andrei Francisco Fernandes – Mestrando do PPGInfo/UDESC

segunda-feira, 5 de julho de 2021


Muitas são as técnicas e conselhos para se criar uma rotina de estudo em casa, todo curso que se pretende investir de modo EaD exige foco e disciplina do aluno, claro que depende de pessoa para pessoa, pois cada um tem jeito de aprender e assimilar o conteúdo apresentado.  

Aqui vamos apresentar  algumas sugestões para você aproveitar mais seu curso e maximizar  seu aprendizado:

Espaço confortável, organizado e silencioso, esse é um dos conselhos mais comuns de se escutar, criar um ambiente aconchegante sem distrações para  você poder ter sua rotina diária de estudos é de suma importância;

Distrações, celular, tv, rádio, tudo que pode tirar sua atenção e foco, foco esse que você deverá ter na disciplina ou curso, se você estiver estudando pelo celular, evite redes sociais e mensagens, se concentre e deixe para usá-los após a rotina de estudo;

Rotina de estudo, a rotina trará a formação de um novo hábito diário, para isso é necessário fixar dentro do seu dia um horário específico para estudar, você precisa se comprometer consigo mesma e respeitar os horários que planejará previamente;

Cronograma, além dos estudos você deve ter diversas atividades diárias, família, filhos, serviço, você conhece a sua rotina diária e é dentro dela que será encaixado horários de estudo, avaliando suas prioridades e necessidades, contando também com momentos de descontração e descanso. Uma opção é criar recompensas de metas a seguir, como por exemplo, dando para si um aquela roupa (que vc ainda está em dúvida se compra ou não), quando finalizar um módulo ou uma etapa do curso.

Perfis de aprendizagem, como falado anteriormente existe diversos métodos e técnicas de estudo, cada uma delas se adapta a um tipo de perfil.

Algumas pessoas se encaixam no perfil visual, aprendem visualizando o conhecimento, exemplo, visualizando mentalmente a página de um livro, outros são auditivos, precisam escutar em voz alta o aprendizado e também os chamados sinestésicos, que precisam ter a teoria associada a prática usando outros sentidos além do ver e ouvir.

Estabeleça objetivos e metas, não adianta passar para uma nova etapa do aprendizado se ficou algo pendente, anote, utilize as ferramentas disponíveis do curso e tire suas dúvidas, sempre traçando metas ao ser alcançadas, para ter progresso no processo do aprendizado.

A equipe EADSAUDE deseja bons estudos.


Fontes: 

minhabiblioteca.com.br

blog.unyleya.edu.br/

querobolsa.com.br/

terça-feira, 22 de junho de 2021

CURSOS LIVRES E CORPORATIVOS


Pensamos em projetar uma plataforma de cursos EaD epecíficos para a "saúde", com o objetivo do desenvolvimento profissional e institucional, através da promoção e socialização do conhecimento.

Elaboramos uma plataforma no qual tanto os profissionais quanto as Empresas tivessem a oportunidade de formação, qualificação e atualização técnica-profissional.

 

Por fim, nasceu a EADSAUDE uma plataforma que possui os cursos que você, ou a sua empresa, precisam.

Educação Continuada

Existem diversos autores que abordam o conceito de educação continuada, podemos citar Delors (2003); Freire (1996); Pereira (2011); Mali (20...